Essa coluna é para agradecer! Cerca de 200 pessoas passaram pela Casa de Cultura Juarez Teixeira nos dois dias de realização do primeiro Carnacultura, uma produção da CCJT, em parceria com o Mercado Cultural, Duda Brito Produções e o apoio da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.  O evento superou as nossas expectativas, e isso se deve à colaboração de muitas pessoas. Sem essa equipe, a gente não poderia ter levado adiante uma ideia que nasceu de última hora, uns 15 dias antes do Carnaval.

Nosso primeiro agradecimento é para a comunidade de Caçapava, que entendeu a proposta e apareceu para prestigiar a Casa com alegria e fantasias supercriativas e divertidas! Crianças, jovens, adultos, gente de todas as idades. Foram vocês que fizeram a festa ser o que foi!

Contamos, também, com presença da Corte do Carnaval de Caçapava do Sul 2023, e com a visita de tradicionais carnavalescos, como Rosane Guterres, que durante muitos anos representou a cidade em concursos de fantasia luxo, e do estilista Lauriezer Bolzan, de São Sepé, além de diversos blocos.

Nosso obrigado especial e à Rainha do Bloco da Casa, Synara Veiga do Canto Barcellos, que foi majestade total nesses dois dias; ao secretário de Cultura e Turismo, Stener Camargo, que nos ajudou com infraestrutura e incluiu o Carnacultura na programação do município; ao Heron Freitas, pelas fotos bárbaras; e à Marlucia Constante, pela aula de samba no pé. Agradecemos também a Unidos da Vila Sul, que nos deixou pegar carona na bateria e desfilar pela cidade!

Muita gente trabalhou e nos ajudou a armar esta proposta. Entre eles, Ione Dalmazzo e Magda Freitas, que confeccionaram nosso estandarte lindão; Luci Dalmaso, que fez a faixa da rainha, e também Carmen Fonseca, que bolou as camisetas aos 45 do segundo tempo, e Mirgon Helmutt Kaiser, que as confeccionou já na prorrogação.

Por último, mas não menos importante, todo o agradecimento à equipe da Casa de Cultura, João Timotheo Esmerio Machado, Bruno Saldanha, Zaira e Juarez Teixeira, que sempre garantem a retaguarda das iniciativas, e aos parceiros Giordano Borba, do Mercado Cultural, Duda Brito (pela animação do segundo dia ao lado de Ed Corrêa), mas também por garantir o som, a cervejinha gelada e os pasteis quentinhos.

Para o ano que vem, queremos dobrar a aposta, crescer um pouquinho, melhorar a infraestrutura, e incluir oficinas de samba, customização de camisetas e maquiagem. Quem sabe um prêmio para a fantasia mais criativa? Estamos abertos a propostas e buscamos parceiros para garantir o financiamento da ideia.

Não esqueçam que, durante todo o ano de 2023, seguimos recebendo fotografias e fantasias de antigos carnavais. A ideia é que o Carnacultura do ano que vem chegue acompanhado de uma bela mostra de fotos e de fantasias. Bom ano a todos!

Equipe do Carnacultura ao lado do secretário Stener Camargo e da Rainha e do Rei Momo do Carnaval de Caçapava, Kethelen Henriques e Osvaldo de Oliveira (Crédito: Heron Freitas)