O atleta caçapavano Gabriel Borges Gasparoto participará de uma ultramaratona (corrida com percurso maior que 42,195km) em Gramado, na Serra Gaúcha, no dia 16 de outubro. Ele disputará a prova na modalidade Trail Running (em tradução livre ao português, corrida em trilhas).

– Essa modalidade consiste em correr por trilhas em montanhas, estradas não pavimentadas, cruzando riachos e rios, com subidas e descidas íngremes. Essas são as principais diferenças da corrida de rua. A corrida em trilha te tira da zona de conforto. É uma modalidade pra quem gosta de curtir a natureza. Mas exige um bom preparo físico e te deixa muito bem condicionado – explicou Gabriel.

À Gazeta, ele contou que começou a praticar corrida na pista do Areião. Depois passou a correr pelas ruas da cidade, e decidiu pesquisar sobre provas para participar.

– Sempre gostei de interagir com a natureza. Lendo sobre corridas, descobri essa modalidade. Depois de participar da primeira prova, vi que era esse o meu esporte – afirmou.

Gabriel já participou de diversas provas. A primeira na modalidade Trail Running foi em outubro de 2019, em Gramado, na categoria 30 a 39 anos. A prova era válida pelo Campeonato Gaúcho de Corrida em Trilha. Aproximadamente 280 atletas participaram, e o caçapavano chegou em 27º lugar geral e 9º em sua categoria.

– Em 2020, participei de todo Circuito Trilhas e Montanhas, que é outro campeonato que temos no Estado. Na prova de Maquiné, cheguei em 3° lugar na minha categoria. Na corrida de rua em São Gabriel, também. Em Nova Petrópolis, fiquei em 7° lugar na categoria. Em Farroupilha, 6° lugar, assim como em Arroio do Meio. Em Nova Roma do Sul, 4° lugar. Terminei o campeonato em 3° lugar na minha categoria – disse.

Neste ano, Gabriel já participou de três provas. Em janeiro, ele correu em Palmares do Sul uma das etapas do Circuito Trilhas e Montanhas, terminando em 7º lugar em sua categoria. Em julho e agosto, participou das provas do Circuito Posto Pilon e terminou em 1º lugar na sua categoria.

Mas todas essas provas tinham distâncias menores. Em Gramado, ele correrá sua primeira ultramaratona.

– Minha expectativa é me superar. Será uma prova dura, não estou indo com pretensão de resultado. O objetivo é concluir bem e adquirir experiência em distâncias longas. Serão 55 quilômetros com 2.300 metros de ganho de elevação. Desde que comecei a correr, meu sonho é correr uma ultramaratona em trilha. Estou preparado e ansioso para participar da prova – declarou.

Gabriel trabalha com chapeamento automotivo e, para ajudar nos custos da participação na prova, promoveu uma rifa de um polimento automotivo.

– Gostaria de agradecer a todas as pessoas que compraram a rifa para me ajudar. Muito obrigado pelo apoio e pela torcida de todos. Quero agradecer também a todos que fazem parte do meu dia a dia e que me apoiam muito. E a meu novo apoiador, a Academia Torke Fit – finalizou.

Foto: Silvana Meira