Enem 2024: participantes podem usar CIN digital para se identificar

Além das versões digitais do e-Título, CNH ou RG, o Inep aceitará também a Carteira de Identidade Nacional digital, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais

~CIN
Crédito: Inep/Divulgação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, na última segunda-feira (13), o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 com as diretrizes para o exame. Para esta edição, os participantes contarão com uma novidade: a Carteira de Identidade Nacional (CIN) digital também será aceita na identificação no dia do exame.

O novo Sistema de Identificação do Cidadão, que se inicia com a CIN, tem por base o CPF como número único. De acordo com o Ministério da Gestão e da Inovação (MGI), até o momento, já foram emitidas mais de 7 milhões de unidades da CIN em 23 estados e no Distrito Federal.

Confira como acessar a CIN digital:

Para inserir a CIN digital na carteira de documentos no aplicativo gov.br, o processo é similar ao que já ocorre com a CNH.

– Após o login, vai aparecer o ícone ‘Carteira de documentos’ na tela inicial;

– Basta clicar no botão ‘+’, escolher ‘Carteira de identidade’ e ir em “Adicionar Documento’ para ter a sua CIN digital adicionada.

Os documentos digitais do e-Título, CNH ou RG continuarão sendo aceitos, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais, não sendo aceitas capturas de tela.

Identificação

Nos dois dias de exame, é obrigatória a apresentação de documento de identificação oficial e original com foto emitido por órgãos brasileiros. Além dos documentos digitais, são válidos para a identificação do participante:

– Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;

– Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que, por lei, tenha validade como documento de identidade;

– Passaporte;

– Carteira Nacional de Habilitação, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;

– Carteira de Trabalho e Previdência Social impressa e expedida após 27 de janeiro de 1997;

– Documentos digitais com foto (e-Título, CNH digital, RG digital e CIN digital) apresentados nos respectivos aplicativos oficiais ou no aplicativo gov.br.

Já para os participantes estrangeiros, é obrigatória a apresentação de um dos documentos listados abaixo:

– Passaporte;

– Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;

– Carteira de Registro Nacional Migratório, de que trata a Portaria nº 11.264, de 24 de janeiro de 2020;

– Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, de que trata a Portaria nº 11.264, de 24 de janeiro de 2020;

– Cédula de identidade civil ou documento estrangeiro equivalente, emitido por Estado parte ou associado ao Mercosul, nos termos do Acordo sobre Documentos de Viagem dos Estados Partes do Mercosul e Estados Associados.

Cronograma

O período de inscrições para o Enem 2024 será de 27 de maio a 7 de junho. A taxa de inscrição continua no valor de R$ 85 e pode ser paga por boleto, emitido na Página do Participante; Pix; cartão de crédito ou débito. As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro.

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso aos auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Acesse o edital do Enem 2024

Acesse a Página do Participante

Acesse a plataforma Gov.br

Acesse a página de orientações do Enem

Acesse a página de perguntas frequentes do Enem

Saiba mais sobre o Enem

Texto: Ascom Inep – adaptado