Na construção do Reino dos Céus

Grandes pensadores e filósofos analisam e pregam em seus ensinos que a construção deste reino inicia em nós, edificando-se a cada dia. Em uns mais depressa outros devagar

Em 1981, lendo o Evangelho de Mateus, despertou a minha atenção a citação do ensino de Jesus por 28 vezes o Reino dos Céus nos 28 capítulos. Às vezes também como Reino de Deus. Alguns podem interpretar como tendo um sentido diferente. Na minha opinião, como Deus está dentro de nós, nas nossas células e na consciência, tudo é um chamamento para a necessidade de uma construção em cada um e que deve ser edificada não interessando o nível de entendimento que tenhamos das Leis Divinas. Cada um com os degraus evolutivos e a tal Expansão da Consciência que estejamos a adquirir ao subirmos de patamar de responsabilidade perante esta presente Vida em nossa existência milenar.

Grandes pensadores e filósofos de algumas doutrinas religiosas, analisam e pregam em seus ensinos que a construção deste Reino inicia em nós, edificando-se a cada dia. Em uns mais depressa outros devagar, mas uma determinação certa é: “construiremos este Reino porque nascemos para isso, pela necessidade que temos de nos integrarmos a grande Família Universal, que ruma inexoravelmente para o mesmo destino: à Perfeição relativa que fará de nós os cocriadores do Universo”. Como a letra da música que o Lulu Santos canta, “a Humanidade anda com passos de tartaruga e sem vontade”.

Esta tarefa é fácil? Nunca vi em nenhum lugar, nem nos poucos livros que li, escrito que nossa evolução é fácil. Nesta pandemia de ansiedade que contamina a Humanidade, com os Sinais do Apocalipse por aí, é só lermos o cap. 24 de Mateus, sem necessitar consultar outros profetas. Sentiremos que, com Fé firme e decidida e com progressão na nossa humildade, conseguiremos colocar a cada dia um tijolo nessa construção.

Queremos ser um pouco mais felizes aqui e agora, enquanto tivermos tempo? Vamos acreditar na Força da nossa Chama Divina que todos temos e nos enriquecermos dos tesouros do Espírito que Jesus nos ensina e está escrito. Alguém pode dizer que o tempo do verbo está errado: ele nos ensinou. Mas O Professor Divino, Jesus, está conosco e não nos abandonou ou foi embora. Está aqui na escola da Vida planetária. Vamos seguir estudando e trilhando o Caminho do Bem.