No dia 22, terça-feira, a Receita Federal realizou um evento online com algumas das maiores empresas do Brasil, e nele apresentou uma ideia muito simples (e já conhecida dos leitores mais antigos deste espaço): a possibilidade que as empresas tributadas pelo Lucro Real têm de destinar 1% do IRPJ devido aos Fundos da Criança e do Adolescente, e mais 1% aos Fundos do Idoso.

Qual a novidade?

Além de o evento ter focado nos empresários responsáveis por firmas que podem, juntas, destinar centenas de MILHÕES de reais aos fundos, este evento serve como “marco zero” de um novo esforço para divulgar a ideia.

A Receita lançou, inclusive, um vídeo institucional da campanha, que já está circulando por todo o Brasil.

Ajude a divulgar!

Nós, aqui na Receita Federal, estamos engajados nessa campanha. E caso você queira receber no WhatsApp o vídeo para repassar aos colegas e conhecidos, basta entrar em contato com a nossa unidade de atendimento!

Aqui em Caçapava do Sul, o telefone é (55) 3281-1479.

Ou me mande um e-mail fornecendo o número do Whats para fabio.salvador@rfb.gov.br, e eu te mando o vídeo!

 

Aberta consulta ao Lote do IRPF de novembro

Desde a quarta-feira, dia 23, está aberta a consulta ao lote de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física que será pago no dia 30.

Nesta lista, temos 556.685 contribuintes de todo o Brasil, e um valor somado de R$ 1,2 bilhão.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC.

Caso apareça alguma pendência na declaração, o contribuinte pode, ainda, retificá-la, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

 

Vídeos sobre compartilhamento de dados

A Receita Federal acaba de lançar, em seu canal no YouTube (@TVReceitaFederal), dois vídeos importantíssimos: um deles fala do sistema de compartilhamento de dados do Imposto de Renda (para pessoas físicas) e o outro, sobre os dados do Faturamento (para empresas).

Tudo para que os brasileiros aprendam a usar o “Receita Compartilha”, uma plataforma que permite ao contribuinte passar informações suas ou de suas empresas aos bancos, para facilitar a contratação de financiamentos.

O serviço está disponível dentro do portal e-CAC, e os vídeos lançados agora são manuais passo-a-passo para que os cidadãos e os estabelecimentos possam se adaptar à novidade.