Outubro, mês missionário

Todos que se dispõem a viver a missão que Cristo confiou são chamados a enfrentar os desafios de cada dia, lutando pela igualdade e pela fraternidade neste mundo ainda tão desigual

Pe. Cláudio Genesi Dutra – Vigário Paroquial

Quando falamos em missão, logo nos vem o pensamento de que só é possível ser missionário em terras distantes. O ser missionário exige de nós que o sejamos onde quer que estejamos, começando pelos nossos lares, nossas comunidades e no nosso local de trabalho. Desde o dia em que fomos batizados, fomos enviados a viver nossa Missão, a sermos luz do mundo e sal da terra.

Todos que se dispõem a viver a missão que Cristo confiou são chamados a enfrentar os desafios de cada dia, lutando pela igualdade e pela fraternidade neste mundo ainda tão desigual. Sabemos, pois, que a desigualdade social é o maior pecado que a humanidade vive, gerando preconceito, racismo e miséria, onde uns poucos vivem às custas de uma maioria que não tem nem mesmo o básico, o necessário para sobreviver.

Cada batizado, cada cristão é convocado a assumir com amor a missão que lhe foi confiada, colocando-se à disposição do projeto de vida que Jesus Cristo nos propõe. Ninguém deve ficar fora deste projeto. Sabemos que, no mundo em que vivemos, a desigualdade é tratada com naturalidade, como se ninguém fosse responsável por ela.

Quando Nosso Senhor Jesus Cristo falou no Santo Evangelho das Bem-Aventuranças, deixou claro que, mesmo sendo um copo de água dado com amor, tudo será registrado no céu e contribuirá para a nossa salvação. Nossa missão aqui na terra é fazer o bem, praticar a caridade e viver a igualdade. Não tenhamos medo, e sim coragem para enfrentar todo tipo de pecado, principalmente o social.

Somos chamados a exercer a nossa missão sentindo a necessidade de uma grande mudança. Isto é possível se a mentalidade dos seres humanos permitir uma conversão, cuidando mais da natureza, das águas e de tudo o que o Criador fez e nos deu com tanta fartura, diversidade de cores e sabores. Tantas espécies de plantas e animais, confiando a nós o cuidado e a preservação de tudo.

É mais necessário ter em mente que a natureza está mostrando o quanto está sendo agredida, e que esta tecnologia não está contribuindo para a proteção e conservação, pelo contrário: está destruindo e matando sem piedade, deixando rastro de muita tristeza e desolação, neste planeta tão bem planejado e criado pelo Criador.

Parece já ser um pouco tarde, mas acredito que, se cada um de nós tomar consciência e fizer bem a parte que nos toca, veremos dias melhores. Caso contrário, vamos colher o que estamos plantando.

Ser missionário não significa só denunciar os erros, mas ajudar a encontrar meios para solucionar tantos problemas que a cada dia estão surgindo. Nossa missão deve começar dentro de nossos lares, desde a separação do lixo, ensinando as pessoas desde pequenas a ter consciência de que o lugar adequado para ele é dentro das lixeiras, e não jogado a céu aberto, pelas ruas e praças de nossas cidades.

Nossa missão deve ir além, no cuidado com o nosso irmão que sofre a discriminação por ser menos esclarecido ou por ser analfabeto ou ainda por ter herdado dos seus antepassados maus exemplos de comportamento que levam a agir de forma desumana, atirados ao relento, abrigados embaixo de viadutos ou em casas abandonadas. Nossa missão é acolhê-los, são nossos irmãos.

Diante das indiferenças que os seres humanos usam para justificar, nós cristãos não temos o direito de julgar ou condenar. Pois se desejamos alcançar a misericórdia, devemos ser misericordiosos, assim como Deus é conosco. Mesmo às vezes não alcançando o sucesso que desejamos, somos chamados a fazer bem a nossa parte. É o próprio Cristo que disse “o que a tua mão direita faz, a esquerda não precisa saber”. Vamos aprender a viver nossa missão sem comentários, no mais oculto possível, e a recompensa virá do Altíssimo. A mais bela missão que devemos praticar é a do bem, do amor e da caridade.

Um abençoado mês Missionário a todos, pela intercessão de Nossa Senhora da Assunção.