Prefeitura reinaugura prédio sede

Imóvel estava interditado desde 2018, devido à queda de parte do telhado. Reinauguração contou com a presença de autoridades e empresários locais, e fez parte das comemorações dos 192 anos de Caçapava

Crédito: Luiz Felipe de Oliveira

A Prefeitura reinaugurou na quarta-feira (25) seu prédio sede, localizado na Rua Quinze de Novembro, 438. A cerimônia fez parte das comemorações do aniversário de 192 anos de Caçapava e contou com a presença do prefeito Giovani Amestoy (PDT), do vice-prefeito Luiz Guglielmin (PSDB), do prefeito mirim Arthur Melo de Oliveira e da vice-prefeita mirim Bruna Oliveira Wagner, além de diversos representantes dos setores público e privado, como vereadores, secretários, chefes de gabinetes e empresários.

O imóvel histórico estava interditado desde 2018, devido à queda de parte do telhado sobre os Gabinetes do Prefeito e do Vice-prefeito e a sala da Assessoria de Comunicação. A obra iniciou em 17 de setembro de 2020, mas, em 23 de outubro daquele ano, a empresa contratada desistiu do serviço, alegando alta de preços devido à pandemia e inviabilidade de cumprir o valor orçado. O contrato, então, foi rescindido em 02 de fevereiro de 2021, e a reforma retomada apenas em 1º de fevereiro de 2022. Até o fechamento desta edição, o custo total da obra não havia sido informado pela Prefeitura, pois alguns serviços ainda estavam sendo concluídos.

Agora, além de abrigar os Gabinetes, a Secretaria Geral, a Procuradoria Jurídica do Município e outros setores do Executivo que já funcionavam no prédio, o imóvel também receberá a Secretaria de Cultura e Turismo. E seguindo as normas atuais de construção, a sede da Prefeitura passa a oferecer acessibilidade a pessoas com deficiência, dispondo de plataforma elevatória para acesso facilitado ao primeiro andar.

– Em um dia especial como esse, em que Caçapava comemora 192 anos, é extremamente importante para a administração do município devolver para a comunidade esse prédio histórico, agora revitalizado e com acessibilidade. Esse prédio que, há mais de 120 anos, pertence à Prefeitura, relembra a nossa história, nossas origens – disse o prefeito Giovani Amestoy.

No antigo endereço da Secretaria de Cultura, funcionará a Feira do Artesanato e o Pavilhão da Agricultura Familiar, onde geoprodutos serão comercializados. Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Stener Camargo, a mudança da Secretaria para a sede da Prefeitura significa uma melhora na qualidade e nas condições de trabalho dos servidores.

– O prédio em que a gente estava nunca passou por uma reforma e se encontra em uma situação bastante precária, devido a goteiras. Agora, podemos oferecer um pouco mais de qualidade de trabalho para os nossos servidores, pois vamos trabalhar em um local mais salubre, digamos assim – declarou.

A história do prédio

Em entrevista à Gazeta em setembro de 2020, a pesquisadora Fátima Jovane Nunes falou sobre a história do prédio. De acordo com ela, em 1899, a edificação pertencia a Teotônio Augusto das Chagas e a sua esposa, Maria Angélica de Moura Chagas, e abrigava a Intendência Municipal. Mas, antes de servir como sede da municipalidade, foi um hotel e, também, sede da Câmara de Vereadores.

Conforme a pesquisadora, o Município adquiriu o prédio em 16 de abril de 1902, durante a gestão do intendente coronel Coriolano Alves de Oliveira e Castro. Na ocasião, foram feitas poucas modificações, como a troca das janelas, com a substituição do modelo de guilhotina pelo de duas folhas.